terça-feira, 5 de agosto de 2008

Estas belas meninas más...

Joca Faria



Estas meninas virtuais buscando mostrar outros lados o que escondem por detrás desta ingenuidade construída... Estes rostos de anjos escondem seres quase humanos e toda uma perplexidade diante da vida? De estar e ser...orkutianamente exibidas e solitárias quais os desejos do ser quase humano deste século vinte e um...?
Wandi Wuor previu os quinze minutos de fama, mas neste universo virtual o tempo é bem maior agora todos são anônimos estrelas, cometas e satélites no universo virtual...Câmeras digitais fotografam a vida das pessoas passo a passo. Do nascimento a morte. Mas somos felizes? Quem é feliz ? Nesta era de consumo...Elas são os produtos a venda na maravilhosa disnelilandia da internet....
Vendem um prazer que nunca será realizado a prazo ou em suaves pretasçoes de um juro invisível adoráveis filhas de famílias....
Mas o ser não tem idade e o que ainda não é também não. Portanto viva a liberdade e as experimentações desta geração que traz o novo de novo...? Mas como o novo se tudo é sempre igual desde que nos descobrimos quase humanos?
Desde que escreveram os livros sagrados se houve ou haverá nova idade do ouro é um mistério , mas tenho saudade do que não experimentei...quem nos fomos num passado remoto , onde estávamos antes de nascer? Estas são as inquietações que nas vozes destes anjos femininos me soa o novo...mas há novo neste velho mundo...estas meninas celebram seus rituais e nunca desvendarão seus mistérios...
Por que são mulheres e mulher por si só já é mistério.
Queremos cair em seus braços perder nossos cabelos e descobrir um pouco da transitória felicidade....nem que seja por um instante...


João Carlos Faria

Nenhum comentário: