domingo, 21 de setembro de 2008

"Uma comédia sobre as ilusões da vida. Um homem que se veste de mulher por achar que vai se dar bem, enquanto uma mulher se veste como homem por achar que assim conseguirá melhores resultados em sua vida. Uma adolescente que tem vários namorados e uma vida muito agitada mas acha que nada interessante acontece com ela. Um vendedor de cds piratas eleito prefeito. Um casal que se recusa a procurar emprego, porque ele ficou "traumatizado" com a demissão e ela acredita que o emprego dos sonhos vai bater a sua porta, após ler incontáveis livros de auto-ajuda. Entre outras cenas. É um conjunto de esquetes que se unem ao final, com o encontro de todos os personagens, quando se deparam com um pastor de cabras parecido com Jesus Cristo e acham que ele é o próprio, descido a Terra para julgar os homens. A princípio, o pobre pastor tenta dizer que não é Jesus, mas ninguém acredita. Enfim, ele resolve fingir que é Jesus, mas decide não julgar ninguém e sim fazer um milagre: "transformar" a água de um lago em pinga. Acreditando que "Jesus" realmente transformou a água em pinga, todos ingerem a água do lago e se comportam como se estivessem completamente bêbados, revelando o poder da sugestão.
Do título: Namíbia é um país da África, onde se planta melões no deserto. Também é referência a um momento do roteiro em que um garoto diz que, no mundo, só há gente passando fome porque quer."

Nenhum comentário: