terça-feira, 21 de outubro de 2008

Caros Artistas,


Definitivamente, Não!

Não podemos engolir a seco a maneira que os mandatários de São josé dos Campos nos trata, acho que nos confundem com marginais - digo que sou marginalizado e não marginal - é muita hipocrisia, não encontro adjetivo nenhum nos dicionários, tudo já foi dito... Agora somente apelando para a mobilização. Porque temos tanta dificuldade de batermos de frente? Será que devemos alguma coisa financeira ou moral para essa gente?

O Legislativo não move uma palha para resolver o problema da 'má cultura' do municipio, mas uma coisa eles sabem fazer muito bem é puxar o 'sacão' do legislatuivo, se submetendo, sendo subserviente em detrimento da escolhas de alguns como eu que quero ser difente... Esse governo arrogante ha de ficar para a história como absolutista-soberbo-ganacioso... Já que disse num dos debates que acredita em Jesus então respeite a frase do mesmo: 'Dê a Cézar o que é de Cézar, e a Deus o que é de Deus', mas não querem além do que já tem que é a parte que cabe ao Cézar, ainda querem a de Deus...

O Legislativo de São José dos Campos esta preso rabalmente ao executivo. Querem enganar a população pode mas a mim que sou ARTISA.
Aumentar o Salário de R$ 4000,00 para R$ 8000,00 é uma tremenda canalhiçe. Acham que estão tirando com a minha cara? Ledo engano estão é assumindo as próprias que sempre tiveram: as máscaras da maldade, da feladaputagem, da promiscuidade - como disse antes me faltam adjetivos.

Estive na Câmara municipal (o grande curral) pedindo alimento decente e nenhum dos dissimulados vereadores até agora me procuraram - não nasci com o meu para a lua, mas tenho certeza que ela vê e registra tudo o grande buraco dos mandatários...
Já que não tenho a mínima chance de cobrá-los vou pelo menos tentar acreditar que alguma justiça seja feita - e só me resta a espiritual - que desconfio já que o Deus Geová que adóra ser reverenciado também andou barganhando voto para os sovinas...

Quanto a presidenta da Bundação, essa é uma que podemos esquecer é uma améba cultural, pronta para emporcalhar e desiludir qualquer ser que se predisponha a trabalhar culturalmente... Pensa que estão por cima mas é um fracasso cassiânico, e ficará conhecida como o Grande Mico Cultural...

Espero que com esse e-mail ela e seus capachos que chupam a verba que deveria chegar e alimentar nossas células e nossas almas pelo menos me chamem para uma conversa - se bem que não é hábito dessa administração - costumam é policiar e ameaçar...

Até quando vamos ficar engolindo sapo? Eu já engoli um brejo e agora quero vomitar resistência...

Nélio Fernando
Ator e Palhaço
DRT Nº 28.606

Nenhum comentário: