sábado, 18 de outubro de 2008

Disco Voador numa estranha hora...num tempo que não existe...

http://br.youtube.com/watch?v=0A2wQbgCWsw

Joca Faria


Discos voadores ...você sozinha eu só...nesta estranha noite em que as horas são duvidosas hoje sinto sono mas não quero o cotidiano de um sonho sem nexo...não posso mais me ater a pequenos prazeres. A carne não me seduz...só o seu desejo...sou ..as trevas e a luz dentro de ti...procuro a palavras corpos no yotube e vem você em dança em meios a desastres aéreos...seu corpo...aparece diante de meus olhos sedentos de chuva...a dança penetra-me em todos os sentidos minha doce bailarina...me de prazer ti de prazer...sou umano quase humano.,..preciso devorar-te...como o oro boros que devora sua calda....O BARULHO INDISCRETO DA CHUVA diz a frase do vídeo...que nos...liga e não se liga sou morto sem ti...alguém numa outra voz escreve... Mas Ás vezes não uso cueca... Ás vezes uso calcinha Ás vezes fico sem...e volto a minha voz ...
Que importa se a torta se comE atrás da porta com as rimas sem nexos quase a amo... Mais que a mim mesmo...
Quem é você que me manda ficar em silencio diante dos segredos da chuva?
Não sei sou varias vozes numa só sou a morte a aproximar... Quem sabe para que serve o que nunca foi absorvido... Sou a insônia e ilusão...de sonhos multiformes ...minha doce bailarina...encantas-me com a ausência de sua dança....Ela vestida de colegial pula o muro e me leva junto adentro ao vídeo...e não fazemos nada além de cantar canções de Caetano Veloso...sou alguém que quer passar por tudo...tenho medo de tudo...por isso me perco além do medo....sua voz pulsante faz-me desejar ti....além dos raios do sol que faz se meio dia na china...e o dragão chinês como um canibal devorará o ocidente?
Não me importa o futuro e sim agora façamos amor na chuva...no frio e neblina joseense...façamos antes que nos derretemos na fria manhã de sol....
A CIA CORPOS NOMADES seduziu-me com seu vídeo que já vi muitas vezes e passarei esta madrugada a ver...sem possuir a arte...mas que arte é esta....Lúcifer Sam Sam? Não entendo nada de nada....neste mundo que caduca sou surdo diante da velocidade sonora....Edu Planchez silenciou do outro lado a espera da linha final....mas tem final...por você assisto a todas as missas e escrevo esta missiva beijos o musa deste poeta que desperta...para o amar...longe das carnificinas de Santo André...longa da noite quando nascer o dia sou teu esta noite e todas as outras basta me aceitar perante a Luz...
Sim sou tua ausência sou versos e adversos na fugas lua que não aparece...sou teu sempre teu ....nesta noite sem ti...filha de maya...filha dos segredos inconfessáveis dance para mim só para mim feito a mãe Gaia....neste estranho e silencioso mundo onde discos voadores povoam nossas retinas...beijos te nesta noite através deste texto...


João Carlos Faria

Mundo Gaia

WWW.MUNDOGAIA.COM.BR

Nenhum comentário: