quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Somos mortos?

Joca Faria

Está sendo quase impossível de se viver nesta cidade. A atmosfera está irrespirável, com muito oxigênio e outras substâncias maléficas, como vitaminas, H2O, carboidratos, etc. A radioatividade (tão saudável) de marte que existia aqui está quase se extinguindo. Quero ir embora daqui de qualquer maneira, mas a nave está avariada. Por enquanto estou juntando uns fragmentos pra construir outra nave, mas o processo é lento e difícil. Além disso a mídia está contra nós, a política está contra nós, o capital internacional está contra nós, a bolsa de valores de nova yorque está contra nós, eles estão trucidando os palestinos e... como disse agora estou concentrado na construção de uma nova nave e preciso evitar respirar a atmosfera tóxica anti-alienígena de SJC.

Hidroxo de Silicio

A cidade está morta...andamos por todos os lados e a cidade está morta...nos sentimos sós nesta cidade morta...Lemos o jornal e vemos crianças Palestinas MORTAS...nos braços dos pais e nossa cidade caipira está morta...choramos bem quietos em bibliotecas vazias de almas e cheias de livros...vivemos numa cidade morta de almas...morta de gente não há o que se fazer as revoluções acabaram...os jovens estão mortos...as escolas fechadas ao saber...Estamosss mortosss atrás de computadores procurando encontrar quem viva de verdade...Estamos sós e assoZ assim assados... sem nada sem desejo...Séra que temos uma experiencia a fazer vamos as praças .....vamos fazer poesia...debater filosofia...ser gente novamente.....Enquanto estamos aqui vide-os são feitos com o som dos beathes pelo mundo todo...ainda há esperança...ainda há esperança...vamos juntar e cantar nas praças......como canta César Pop nosso César fundador....das aventuras e da esperança nesta cidade... tomada pelo poder dos porcos conservadores....denunciados hoje uma quarta -feira sete de janeiro num artigo na folha de são paulo o interior paulista é um grande vazo sanitário sem voz e vez na politica...nas artes...eles os donos ou que se julgam donos do poder fazem tudo para sufocar a arte...e a esperança...e estamos num silencio será que o caminho é sair deste interior....DAQUI NÃO SAIO DAQUI NINGUÉM ME TIRA ...canta uma tia minha...eu também não saio e grito...revolução....contra os reacionários...contra a estupidez.... eUUU canto sem saber cantar uma duas dez cancões...não sou estupido....e não sou louco...denuncio a nossa estupidez enquanto ouço o canto do mundo...Brasil nós somos o mundo...Edu Planchez cantava em seus versos nos somos o centro do mundo...vamos dar as mãos e fazer uma ciranda....Vamos a marte mas voltemos eu nasci aqui eu sou o universo dentro.....de mim.....não tenho medo e tenho todos os medosssss....Mas eu os venço pois não sou o eu...sou o serrrr....eeee nada mais nos resta além de ir as praçassss....pois nas praças cantemos e choremos nossos versos....


João Carlos Faria

mundo gaia

literatura, filosofia e arte...

www.mundogaia.com.br

Nenhum comentário: