quinta-feira, 12 de março de 2009

Homens também dão a luz

Joca Faria

Nós homens nascidos em séculos passados não estamos a altura dos BEAT e suas fantásticas viagens. Vivemos nossas belas vidas comuns. Agora leio Jack Keruac e seu On the road lendo sua biografia na Wilkepedia descobri que ele era muito enfruenciado pela mãe e alguém comum. Mas o que há de comum com Jack através dele descobri que Homens também dão a luz...
Vivemos demais nossas adimiráveis vidas comuns. Hoje andei pelo centro de minha cidade numa enorme reforma. Eu que devo entrar em reforma seja espiritual, mental e financeira.
O que fazemos de nossas mediócres vidas além de participar de reuniões sem nenhum fruto. O povo sim é feliz cuidando de suas vidas normais.
Gostaria de ser o cara e nunca fui e nem serei? Que droga o que se esconde e qual é o
segredo da montanha russa?
Tudo está numa balança conseguiremos compreender a vida além do bem e do mal?
Um dia teremos a exata noção de que somos povo. Os outros sempre são e nós nunca nada. Nunca temos identificação de nada. Já não ligo para nada só quero viver. O hoje e nada mais. Aprender os ensinamentos gnósticos e pólos em prática.
Não não quero ser santo nem demônio quero ter minha consciência resgatada e saber quantos átomos a em meu corpo. Hoje sua pura ilusão.
Mas nunca deixamos de ser não conseguimos distinguir entre o sonho e a realidade onde estamos nesta exato momento.
O tempo é uma ilusão não vou mais aceita lo para mim ele já não existe. Quero ir além do tempo. Mas qual é o segredo da montanha russa?
Juro que ainda não sei, fiquei dias sem escrever e agora escrevo sem parar. Estar vivo para mim e escrever. Como também ser bem comum e observar a vida acontecendo ao meu redor. Sem nada há dizer somente a observar.
Tudo passa e tudo volta como o pendulo um dia partirei deste plano mas sempre volto. Quero ir além da montanha russa...Quero ver além de meus olhos te sentir te tocar e te amar.
Não devemos julgar nada nem ninguém aquele menino que matou muita gente na Alemanha poderia ser qualquer um de nós.
Como as vitimas. O que leva alguém a uma loucura deste tipo...Que tipo de sociedade estamos criando?
Devemos mudar como diz o profeta carioca Gentileza gera Gentileza então Ódio gera Ódio precisamos redescobrir o amor.
Sem ele não adianta conforto nem dinheiro nem poder pois tudo é passageiro e tudo é
uma ilusão.
Precisamos aprender a criar nossa alma.


João Carlos Faria

Mundo Gaia

Literatura Filosofia e arte

Veja meu CD O destino da chuva no

www.entrementes.com.br

http://www.youtube.com/watch?v=GBQxfsGpJWY

Nenhum comentário: