domingo, 8 de março de 2009



Mediócres somos todos nós...

Dedicado a Renato Ortiz
Menina não sabe o quanto é difícil ser porra louca. Tó fora um beijo ando lendo N the road de Jack Keruac BELO livro...E descobri hoje o escritor Renato Ortiz um beijo a você e a toda humanidade...um dia quem sabe nos libertemos desta nossa prisão mas o caminho é longo e penoso...e sem descanso...
Para Vanessa Alves
Oi hoje assistindo a TV e zapeando a procura de algo inteligente vi uma chamada na TV Aparecida num programa com o escritor Renato Ortiz que ia ao ar as cinco da tarde deste belo domingo de calor guardei o horário. E não me arrependi e entre comer um sonho é lembrar que Fernando Henrique Cardoso adora estes sonhos de padaria degustei as idéias inteligentes desta nossa mente brilhante a qual desconhecia. Mas que pretendo ler todos os livros que publicou e procurar ler seus artigos na internet e mídia em geral. Afinal não é a toda hora que encontramos uma
mente brilhante que pensa em Português e decifra este mundo pós globalização e ele falava justamente em cultura e sua importância.
O programa referido é Sintonia da TV Camara que vai ao ar na TV Aparecida todo domingo as cinco e as vinte duas e trinta vale a pena assistir.
Que bom que começamos a ter esta variações de canais públicos de TV e a troca inteligente que eles fazem. Afinal conhecimento e informação nunca são demais. E num pais ensolarado como este que mal conseguimos chegar num computador sem que se derrame bicas de suor.
E livros nas livrarias são muito caros cabe a nós que temos pouca grana para consumo intelectual usar a internet e comprar livros em sebos como o On the road de Jack Keruac que retrata como outros de sua geração Beat um Estados Unidos diferente e mais humano. Com dificuldades para o povo com as nossas neste pais Latino.
Lendo escritores conhecemos culturas de outras épocas no caso deste livro uma cultura próxima da nossa. Ler este livro da vontade de chutar o balde e por o pé na estrada mas a vida não é bem assim peguemos a mochila quando estivermos bem estruturados mas peguemos a mochila e pé na estrada.
Tanto Renato Ortiz como Jack Keruac devem ser lidos cada um a seu modo e de escritor em escritor crio a minha própria escrita e você que faça a sua.
Sem nenhum medo de errar afinal a vida é feita de acertos e erros. E alguns clichés e como diria Davi Fernandes de Faria mediócres somos todos nós.
Então leia amos pensemos, meditamos e escrevemos.
Adoro ir as quintas no SESC e ver um monte de gente que escreve mata um monte de ego egocêntrico façamos a mistura a bela mistura da arte,cultura, filosofia, religiões ,esoterismo e politica ai transformaremos a nossa vida e a do próximo.
Nunca devemos usar nosso pouco saber para nosso egoismo.SEJAMOS LIBERTÁRIOS. O quanto antes. E não seremos uma data de nascimento e outra de morte fechando um vazio existencial sejamos a diferença e não a multidão.

Nenhum comentário: