segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Oi precisa -se cobrar um fundo de cultura para São José dos CAMPOS , Taubaté e Jacarei e um fundo regional bancado pelo governo estadual.SÃO muitas as pequisas e livros que se precisa fazer. Identidade qual é a nossa?

Joca Faria


O Vale do Paraíba é uma região socio-econômica que abrange parte do leste do estado de São Paulo e oeste do estado do Rio de Janeiro, e que se destaca por concentrar uma parcela considerável do PIB do Brasil. O nome deve-se ao fato de que a região é a parte inicial da bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. Deve-se ressaltar que o nome refere-se apenas a uma região com certas características socio-econômicas, já que o rio Paraíba do Sul estende-se ao longo de quase todo o comprimento do estado do Rio de Janeiro e separa parte deste estado do estado de Minas Gerais.
Índice [esconder]1 Localização 2 Municípios da região 3 História 4 Indústria 5 Agropecuária 6 Ensino Superior 7 Referências 8 Ver também 9 Ligações externas
[editar] LocalizaçãoLocaliza-se nas margens da rodovia Presidente Dutra (BR-116), exatamente entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, dentro da megalópole formada pelas duas capitais.
[editar] Municípios da região Vista parcial dos mares de morros do Vale do Paraíba.A população somada de todas as cidades da região é de quase 3,3 milhões de habitantes.
São José dos Campos é a maior cidade da região[1].
As cidades mais importantes da região são:
No lado fluminense: Volta Redonda, Resende e Barra Mansa, Barra do Piraí[1]; No lado paulista: São José dos Campos, Taubaté, Jacareí, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Lorena e Cruzeiro[1]. Outras cidades da região são:
No lado fluminense: Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Barra do Piraí, Porto Real, Quatis, Rio Claro. No lado paulista: Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Caraguatatuba, Cunha, Guararema,Guaratinguetá, Igaratá, Ilhabela, Jacareí Jambeiro, Lagoinha, Lavrinhas, Monteiro Lobato,Moreira César, Natividade da Serra, Paraibuna, Piquete, Potim, Queluz, Redenção da Serra, Roseira, Salesópolis, Santa Branca, Santa Isabel, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São Luís do Paraitinga, São Sebastião, Silveiras, Tremembé e Ubatuba.
[editar] HistóriaA história do Vale do Paraíba está intimamente ligada ao ciclos econômico do café, período de opulência que deu prestígio e poder político à região. À despeito da cidade de Lorena que começou seu desenvolvimento com o ciclo do ouro nos idos de 1700 devido à passagem pelo Rio Paraíba do Sul.[2]
No início do século XX, um grupo de religiosos da ordem trapista se instalou na fazenda Maristela, em Tremembé, e introduziu a cultura do arroz nas várzeas do rio Paraíba do Sul, além de novas técnicas de plantio e irrigação.
A produção de leite foi introduzida com a decadência do café, ocorrida a partir da crise econômica mundial de 1929.
Durante a década de 1940, foi construída e começou a operação da primeira siderúrgica integrada do Brasil, a CSN, instalada em Volta Redonda.
A partir dos anos da década de 1950, a região industrializou-se rapidamente. Nesta época, destaca-se a criação do Instituto Tecnológico da Aeronáutica e a conseqüente instalação da indústria aeronáutica com a EMBRAER em São José dos Campos.
[editar] IndústriaA região possui um parque industrial altamente desenvolvido[3], destacando-se o sector automobilístico, aeroespacial/aeronáutico, bélico, metal-mecânico e siderúrgico entre outras.
[editar] AgropecuáriaA agropecuária é de grande importância para vários municípios dessa região.
O Vale do Paraíba é o segundo maior pólo produtor de leite do país. Por questões conjunturais, a produção de leite se encontra em decadência, mas ainda sustenta boa parte da população rural dos pequenos municípios.
O arroz é um dos mais importantes produtos agrícolas da região atingindo na safra de 2002/2003, a marca de 850 mil sacas de 60 kg[4].
Outras culturas diversificadas vêm sendo experimentadas por alguns produtores nessas várzeas.
A actual estrutura fundiária do Vale do Paraíba é fruto de mudanças significativas na forma de distribuição das terras ocorridas a partir da decadência do café, quando as grandes fazendas passaram a ser retalhadas em partilhas e heranças familiares. Esse processo se multiplicou à medida que as gerações foram se sucedendo, o que resultou numa região pontuada por pequenas propriedades e produção agropecuária marcadamente familiar.
[editar] Ensino SuperiorO vale do Paraíba é uma região com grande concentração de instituições de ensino superior, dentre as quais destacam-se as públicas: ITA, UNITAU, UNIFESP, USP e UNESP. Na região também estão situadas a UNIVAP, a UNISAL e a FATEA (em Lorena), vários "campi" da UNESP, um campus da UFF, um campus da UERJ, um pólo da UNIFEI em Resende, um pólo do CEDERJ, unidades da FATEC (São Paulo), FAETEC (Rio de Janeiro), ETEP (São José dos Campos).
Estas instituições destacam-se no ambiente de ensino nacional pelos seus cursos em tecnologia.
[editar] Referências↑ 1,0 1,1 1,2 Rede Mundial ↑ Conheça Lorena - História Prefeitura Municipal de Lorena ↑ Vale do Paraíba ↑ Escritório de Desenvolvimento Rural de Pindamonhangaba
[editar] Ver tambémInterior de São Paulo Interior do Rio de Janeiro Mesorregião do Vale do Paraíba Paulista Microrregião do Vale do Paraíba Fluminense
[editar] Ligações externasPortal sobre o Vale do Paraíba e Litoral Norte Informações sobre o Vale do Paraíba Fluminense Informações sobre o Vale do Paraíba Fluminense Obtido em "http://pt.wikipedia.org/wiki/Vale_do_Para%C3%ADba"Categorias: Vale do Paraíba Sul Fluminense



Mesorregião do Sul e Sudoeste de MinasOrigem: Wikipédia, a enciclopédia livre.Ir para: navegação, pesquisaSul e Sudoeste de Minas Estado Minas Gerais Mesorregiões limítrofes Zona da Mata; Campo das Vertentes; Oeste de Minas; Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba; Sul Fluminense (RJ); Ribeirão Preto (SP); Campinas (SP); Macro Metropolitana Paulista (SP); Vale do Paraíba (SP) Características geográficas Área 49.523,893 km² População 2.463.618 hab. est. 2006 Densidade 49,7 hab./km² Indicadores IDH médio 0,785 PNUD/2000 PIB R$ 16.288.607.550,00 IBGE/2003 PIB per capita R$ 6.907,68 IBGE/2003 A mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas é uma das doze mesorregiões do estado brasileiro de Minas Gerais. É formada pela união de 146 municípios agrupados em dez microrregiões.
O sul de Minas tem muitas semelhanças com o interior de São Paulo, possuindo grandes altitudes, um clima ameno e chuvoso. A economia é altamente agrícola, com destaque para as plantações de café.
As principais cidades são Poços de Caldas, Itajubá, Passos, Pouso Alegre, Varginha, Alfenas e Lavras.
O povoamento teve início no século XVIII por bandeirantes como Fernão Dias e cresceu no início do século XIX com a chegada de ondas de imigrantes, que, deixando, as regiões de mineração já esgotadas, vieram em busca de terras para se dedicarem à agricultura e à pecuária.
Essa região pertenceu à Capitania de São Paulo até que o governador de Minas Gerais, Luís Diogo Lobo da Silva, em 24 de setembro de 1764, anexa a margem esquerda do Rio Sapucaí (Minas Gerais), estendendo os limites de Minas Gerais, aproximadamente, até a divisa atual com São Paulo. Porém essa região continuou pertencendo à Diocese de São Paulo.
As quatro maiores cidades são: Poços de Caldas (150.095 hab.), Pouso Alegre (126.100 hab.), Varginha (120.691 hab.) e Lavras (100.730 hab.).
[editar] MicrorregiõesAlfenas Andrelândia Itajubá Lavras Passos Poços de Caldas Pouso Alegre Santa Rita do Sapucaí São Lourenço São Sebastião do Paraíso Varginha [Esconder]v • d • e Minas Gerais Portal — Geografia, Política, Cultura, Esportes Capital Belo Horizonte Mesorregiões Campo das Vertentes • Central Mineira • Jequitinhonha • Metropolitana de Belo Horizonte • Noroeste de Minas • Norte de Minas • Oeste de Minas • Sul e Sudoeste de Minas • Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba • Vale do Mucuri • Vale do Rio Doce • Zona da Mata Microrregiões Aimorés • Alfenas • Almenara • Andrelândia • Araçuaí • Araxá • Barbacena • Belo Horizonte • Bocaiúva • Bom Despacho • Campo Belo • Capelinha • Caratinga • Cataguases • Conceição do Mato Dentro • Conselheiro Lafaiete • Curvelo • Diamantina • Divinópolis • Formiga • Frutal • Guanhães • Governador Valadares • Grão Mogol • Ipatinga • Itabira • Itaguara • Itajubá • Ituiutaba • Janaúba • Januária • Juiz de Fora • Lavras • Manhuaçu • Mantena • Montes Claros • Muriaé • Nanuque • Oliveira • Ouro Preto • Pará de Minas • Paracatu • Passos • Patos de Minas • Patrocínio • Peçanha • Pedra Azul • Pirapora • Piumhi • Poços de Caldas • Ponte Nova • Pouso Alegre • Salinas • Santa Rita do Sapucaí • São João del-Rei • São Lourenço • São Sebastião do Paraíso • Sete Lagoas • Teófilo Otoni • Três Marias • Ubá • Uberaba • Uberlândia • Unaí • Varginha • Viçosa Regiões Metropolitanase RIDEs Belo Horizonte • Vale do Aço • Distrito Federal e Entorno Mais de 500.000habitantes Belo Horizonte • Uberlândia • Contagem • Juiz de Fora Mais de 200.000habitantes Betim • Montes Claros • Ribeirão das Neves • Uberaba • Governador Valadares • Ipatinga • Santa Luzia • Sete Lagoas • Divinópolis

Nenhum comentário: