sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Cultura, Religião e Política se debate sim ...

Cortem-me os pulsos, cortem-me o ar
cortem-me a garganta para nunca mais falar
Cortem-me a ponta dos dedos pra nunca mais tocar
E ainda assim, trago mais verdades em mim
Que toda a sua violência, que todo seu poder usurpado
que toda a sua incapacidade de amar

(Franklin Maciel)

Joca Faria

Preciso voltar há forma da escrita depois do carnaval recebi boas criticas sobre minha escrita nem sempre as noticias são boas em relação a escrever. E elogios de vez enquando nos ajuda. Sei que devemos estar acima do bem e do mal ir, além disto, tudo. O sufismo anda a me rodar dias destes assisti Baraka documentário de Ron Fricke. Num encontro de gnose em pleno carnaval. Para quem não sabe o Sufismo é o lado esotérico do Islamismo. Vejam na Wikipédia lá tem uma boa informação básica sobre o assunto. Nós ocidentais a mais de mil anos entramos em conflito com o saber do oriente já é ora de engolirmos nossa prepotência hoje liderada pelos Estados Unidos e aprender estas outras formas de cultura. Ou nos esquecemos que até a cultura grega já bebeu do saber oriental. Pois não podemos e não devemos tratar a cultura oriental com desdém ou desrespeitar o Irã basta nossa invasão ao Iraque. Parece que nossos governantes não leram a bíblia sobre a Invasão Mulçumana hoje penso que se de de outra forma através da cultura e não da guerra. Não sei se andarão a soltar bombas atômicas para isto. Invadir de forma cultural é bem mais fácil olhem a cultura dos Estados Unidos tão forte quanto antes. Crianças em livraria comprando historias de desenhos animados além da TV Cultura com programação nacional na área infantil. Na TV aberta não há nada mais as poderosas Globo e Record não passam um desenho brasileiro e boicotam a Turma da Monica de Mauricio de Souza. O governo Lula avança com editais para filmes, mas falta ás grandes emissoras de TV comprarem a briga. Cultura, religião e política são tudo misturado quem acha que se separam esta enganado são relações de poder e nada mais. Poder que nos simples militantes nunca alcançaremos, pois não venderemos nossas almas que ainda não possuímos o poder hoje baseia em moedas de troca e devemos estar separados disto tudo. Duvido que uma pessoa normal um cidadão consiga em qualquer partido político uma legenda para disputar as atuais eleições. Mesmo se conseguir não terá nenhum apoio político nosso jogo eleitoral já esta determinado. E as pessoas só querem trabalho e família e claro uma boa partida de futebol. Refletir o mundo que nos cerca dói. Sem dor não se chega ao amor. Até quem se diz poeta nas cidades estão cada vez mais alienados e só se preocupam com sua estúpida vaidade não tiro de mim esta colocação eu também sempre me equivoquei. Errar é humano. Mas permanecer na ilusão é bom passaporte para o inferno. E estamos a seis passos deste grande abismo. Desceremos aquela torre de mãos dadas numa luxuria cega e inexata. Rumo ao que já vivemos. Não devemos cair devemos criar nossas asas. Sair da cegueira e voar para saborear a luz.

João Carlos Faria

Editora Pasárgada

Baraka trailer...

http://www.youtube.com/watch?v=7geZs4qci1M

Nenhum comentário: